Platinum Label 18 e Gold Label Reserve — Os Novos Membros da Família Johnnie Walker

A filial da Diageo (dona da marca Johnnie Walker) no Brasil anunciou esta semana a introdução de dois novos whiskies em seu portfólio: Platinum Label 18 anos e o Gold Label Reserve.

A notícia correu rapidamente a internet causando reboliço e despertando curiosidades entre os consumidores. Ainda mais se considerarmos que o último lançamento da Johnnie Walker havia sido em 1997 com o Green Label. Tamanho alvoroço, portanto, não é para menos quando se trata da marca de whisky mais conhecida e vendida no mundo.

Platinum Label 18 anos e Gold Label Reserve - Novos Membros da Família Johnnie Walker

 

Os novos lançamentos, entretanto, não foram novidade para nós. No dia 22 de abril deste ano havíamos veiculado neste Blog notícia similar baseada nas informações que circulavam pelos meios de comunicação no exterior (http://www.singlemaltbrasil.com.br/whisky/2012/04/green-e-gold-dias-contados/).

E saem o Green e o Gold Label

Ironicamente a contrapartida é a retirada do mercado do Green Label 15 anos exatamente após seus 15 anos de aniversário. A Johnnie Walker está dando parabéns e adeus, ao mesmo tempo, a um dos seus melhores whiskies. Não temos todos os detalhes acerca da mudança no portfólio da empresa, mas pelo que foi veiculado até o momento, o Green Label 15 anos será mantido apenas em Taiwan e retirado de circulação em todos os outros mercados no prazo de um ano.

Outro whisky que está dando adeus é o Gold Label 18 anos, que também será retirado do mercado no prazo de um ano.

O Platinum Label 18 anos e o Gold Label Reserve estão, dessa forma, substituindo o Green Label 15 anos e o Gold Label 18 anos e chegando oficialmente aos distribuidores, bares e lojistas em meados de Agosto deste ano. Seguimos aguardando ansiosamente.

Com a saída do Green Label 15 anos a Johnnie Walker perde seu único Blended Malt e reduz o seu portfólio para apenas dois whiskies com idades mínimas de envelhecimento definidas: o Black Label 12 anos e o Platinum Label 18 anos.

De fato, está difícil para a Johnnie Walker, e outros produtores escoceses, manterem whiskies com idades mínimas de envelhecimento em seus portfólios de produtos. Os estoques de whiskies mais envelhecidos dessas empresas vêm se reduzindo drasticamente devido a crescente demanda global por whisky, principalmente em mercados emergentes como Brasil, China e Índia.

Se as coisas continuarem a caminhar nessa direção, será cada vez mais raro encontrarmos whiskies mais envelhecidos no mercado. E não adianta deixar seu whisky envelhecendo na estante. Lembre-se que ao contrário do vinho, whisky não envelhece uma vez engarrafado.

Esta entrada foi publicada em Notícias e marcada com a tag , , , , , . Adicione o link permanente aos seus favoritos.

18 respostas a Platinum Label 18 e Gold Label Reserve — Os Novos Membros da Família Johnnie Walker

  1. Herbert ferreira disse:

    Boa noite! Na caixa do Green Label fala que ele tem 4 mistura de malts, mas no site da J W fala que são quinze single malts usados para criar o GREEN LABEL. Gostaria de saber qual dos dois está correto?
    Outra dúvida quais são os aromas que podemos sentir com o GREEN LABEL? Não conseguir sentir nenhum deles como casca de laranja, pêssegos, frutas pretas cozidas e cereja ácida. Gostaria de algumas dicas dos aromas corretos pois estou fazendo um vídeo sobre ele.
    Obrigado e aguardo a resposta.

    • Single Malt Brasil disse:

      Herbert,

      Desculpe-nos pela demora em responder.

      Até o que sabems o Green Label é um blended malt composto de 15 diferentes maltes das destilarias da Diageo.
      Você deve usar um copo com a boca fechada para sentir os aromas e sabores do whisky. Não use gelo.
      O Green Label apresentará aromas de baunilha, frutas cítricas (limão e laranja) e frutas tropicais (manga, coco e pêssego). Ele é ligeraimente enfumaçado (turfa, cinza e alcatrão) e apresenta também acentuados aromas de especiarias (cravo, canela e cuminho).

      Qualquer outra dúvida, estamos à disposição.

      Boa sorte com o vídeo. E mande pra gente se possível.

      Marcus
      Equipe Single Malt Brasil

  2. alexandre pereira disse:

    Amigos, qual foi a jogada para retirar de produção o Gold Label e substituí-lo pelo Platinum Label, se ambos são 18 anos?

    • Single Malt Brasil disse:

      Alexandre,
      Agradecemos o contato.
      O Gold Label 18 anos era um blended que levava whiskies com idade mínima de 18 anos. Isto quer dizer que o whisky mais jovem da mistura do Gold Label 18 tinha no mínimo 18 anos de envelhecimento.
      O mesmo não ocorre no caso do Gold Label Reserve. Ele é um blended sem idade definida (nada no rótulo a respeito da idade) que pode levar na mistura whiskies de 3 anos de envelhecimento, o mínimo de envelhecimento em barris de carvalho de acordo com a legislação escocesa.
      Marcus,
      Equipe Single Malt Brasil

  3. João disse:

    Alexandre, bom dia. Tudo bem?

    Primeiramente queria parabenizá-los pelo belo site.

    Eu tenho uma dúvida, eu irei viajar, gostaria de saber qual Johnnie Walker comprar; estou entre o Gold e o Platinum. Sei que depende do gosto de cada pessoa, mas na sua opnião qual comprar?

    Agora sem dúvida trarei o Blue também! Este nem precisa pensar né!! rs

    abraços

    • Single Malt Brasil disse:

      Caro João,

      Agradecemos a visita.

      Traga o Platinum que é mais encorpado, licoroso e aromático que o Gold. O Platinum é ainda um blended mais complexo e defumado.

      Boas doses,
      Alexandre.
      Equipe Single Malt Brasil

  4. JORGE SOSNOSKI disse:

    GOASTARIA DE SABER SE O GOLD RESERVE E ENVELHECIDO 18ANOS E QUAL A DIFERENÇA DOS DOIS

    • Single Malt Brasil disse:

      Jorge, o Gold Reserve é um whisky sem idade definida já que não existe nada em seu rótulo atestando uma idade específica. Dada a legislação escocesa, a única coisa que podemos afirmar com relação a esse Blended é que a idade mínima de envelhecimento de qualquer whisky da mistura é de 3 anos.
      A idade no rótulo representa o whisky mais jovem da mistura de whiskies na garrafa de um Scotch. Por exemplo, um whisky Single Malt de 3 anos misturado com um whisky Single Grain de 50 anos só poderá ser comercializado como um Blended whisky de 3 anos, caso o produtor queira atestar alguma idade específica no rótulo da garrafa.
      Se não existe idade discriminada, apenas o master blender da destilaria ou marca de um whisky sabe realmente qual a idade do Scotch.
      O Gold Reserve é diferente do Gold Label, que tinha no mínimo whiskes envelhecidos por 18 anos na mistura.
      Já o Platinum Label é 18 anos. O que significa que o whisky mais jovem desse blended foi envelhecido por no mínimo 18 anos.
      Tanto o Glod Reserve como o Platinum são dois grandes Blendeds. O Platinum, entretanto, até o que podemos constatar, é mais encorpado, viscoso, complexo e enfumaçado que o Gold Reserve.
      Espero ter ajudado.
      Abraços,
      Alexandre.

  5. Jose Lucena disse:

    Sou colecionador e gostaria de acrescentar o platinum label na minha coleção. Abraço

  6. Evandro disse:

    eu achei um numa adega proxima a avenida lins de vasconcelos um ” gold label reserve ” mais por enquanto é o unico lugar que encontrei amanha estarei comprando heheh

  7. Eduardo Oroná disse:

    Boa Noite Amigos, quando teremos essas duas novidades no mercado brasileiro ? Platinum Label e gold reserve.
    Ainda não vi em nenhum lugar para venda moro em florianópolis. Espero resposta abraço.

    • Single Malt Brasil disse:

      Caro Eduardo,

      Agradecemos pelo contato.

      Estamos negociando com o fornecedor e esperamos receber os novos whiskies da Johnnie Walker até o início do mês que vem. Aproveite para visitar nossa loja: http://www.lojadewhisky.com.br

      Abraços,
      Equipe Single Malt Brasil.

  8. José Carlos Barranqueiro Junior disse:

    O Double Black (2010) não se classifica como novidade no portifólio da marca?

  9. Dante Escórcio disse:

    Excelente matéria. Vi as novidades no aeroporto do Panama no mês passado, acabei não comprando. Estou no aguardo das notas de degustação. Mas e ai, vale a pena estocar green e gold? Será que em breve vão valer alguma coisa entre os colecionadores? Ou sua produção foi tão grande que essa possibilidade é pequena?

    Parabéns pelo site!

    • Single Malt Brasil disse:

      Dante, o Green e o Gold foram e são produzidos em grande quantidade. Dessa forma, levará algum tempo até que eles se transformem em itens valorizados por colecionadores. As pessoas terão que beber durante alguns anos a oferta que existe hoje no mercado.
      Estimo que em uns 10 ou 15 anos eles se transformarão em whiskies raros e, obviamente, serão negociados a altos preços. Principalmente o Gold Label 18, já que o Green Label 15 continuará sendo comercializado em Taiwan ao que tudo indica. A questão que fica é se vale a pena esperar tanto tempo.
      Não é nada mal, entretanto, guardar umas 2 ou 3 garrafinhas para o futuro. E tomá-las em uma ocasião especial.
      Abraços.
      Alexandre.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>